quinta-feira, 23 de março de 2017

“UM IMENSO BENFICA”


O Campo Pequeno, em Lisboa, recebeu, na noite desta quarta-feira, a Cerimónia de Entrega dos Galardões Cosme Damião, evento que encerrou as festividades alusivas ao 113.º aniversário do Sport Lisboa e Benfica.
O presidente Luís Filipe Vieira falou aos presentes enaltecendo a reunião de um Benfica “pujante, ambicioso, vibrante e em festa” num só lugar.
Para o líder das águias esteve no Campo Pequeno “o Benfica no seu melhor!”
Sem nunca esquecer a história, o Benfica é hoje um Clube no presente virado para o futuro e para as conquistas vindouras. “Um Benfica que se orgulha do seu passado. Concentrado em conquistar novos títulos no presente mas com os olhos postos no futuro”, referiu.
Na Cerimónia de Entrega dos Galardões aos que se destacaram ao longo do ano não foi esquecido o fundador que dá nome ao prémio. “Este aniversário ficará para sempre na nossa memória como o momento em que, por vontade expressa do povo de Lisboa, foi inaugurado um monumento em homenagem ao nosso fundador Cosme Damião”, recordou, acrescentando: “Cosme Damião é símbolo e exemplo de dedicação, determinação e humildade, valores que desde o primeiro momento estiveram na fundação e afirmação do nosso Clube.”
Para Luís Filipe Vieira “são 113 anos de trabalho para consolidar o Benfica como a maior referência do desporto português e uma marca global”. Essa história de conquistas tornou-o Glorioso e um embaixador de Portugal além-fronteiras. “A par dos portugueses espalhados no Mundo, o Benfica foi e é embaixador de Portugal”, reconheceu.
E alguns dos nomes que foram fundamentais para engrandecer a Instituição não foram esquecidos: “O Benfica de Cosme Damião, Coluna, Águas, Eusébio, Mário Wilson e de tantas glórias do passado e do presente, está no ADN de milhões de portugueses e de cada vez mais estrangeiros.”
Futuro risonho e sustentado
Luís Filipe Vieira aproveitou a cerimónia para revelar alguns dos projetos do Clube para os próximos anos. “Tempo de aniversário é sempre um bom momento para falar do futuro”, começou por dizer, adiantando de seguida que uma das metas passa por “diminuir o passivo e a dívida do Benfica”.
Ao nível das infra estruturas, o presidente Benfiquista destacou “o alargamento, crescimento e apetrechamento do nosso famoso Caixa Futebol Campus”, a criação do “novo Centro de Treinos de Alto Rendimento para as modalidades e também para o futebol”, e a construção da “nova Casa do Jogador ou Benfica Saúde” e do “novo Hotel temático do Benfica no Jardim do Regedor”.
As Casas do Benfica continuarão a ser uma aposta enquanto braço-armado do Clube. “Modernização, ligação e uniformização de imagem das Casas do Benfica, que temos espalhadas por todo o País e pelo Mundo, possibilitando também que passem a estar ligadas em rede ao coração do Clube”, apontou.
Nas áreas da comunicação e do marketing realce para o “lançamento muito em breve no novo site - a nova plataforma digital do Benfica - que será um instrumento fundamental de aproximação aos milhões de Sócios, adeptos e simpatizantes espalhados pelo Mundo” e para o arranque da “Rádio Benfica que, com a Benfica TV, prova que mais uma vez estamos à frente na criação de novos projetos”.
Fulcral será, ainda, a “internacionalização da marca Benfica como estamos a fazer na China, Estados Unidos, Índia e que se alargará a todo o restante mercado asiático e africano”.
Luís Filipe Vieira aproveitou, igualmente, para agradecer à Família Benfiquista presente no Campo Pequeno elevando a importância do Galardão. “Aos nomeados, o agradecimento pelo vosso contributo para a história do Benfica”, reconheceu, completando imediatamente: “Os Galardões Cosme Damião são um reconhecimento e uma inspiração para que continuemos a trabalhar, a ganhar e a conquistar títulos.”
O presidente terminou a sua intervenção com uma forte frase: “O passado, o presente e o futuro do forte, aguerrido e imenso Sport Lisboa e Benfica.”

quarta-feira, 22 de março de 2017

LANÇAS APONTADAS BENFICA TV :: 22 MAR 2017. BEM APONTADAS E AFIADAS

                                           

105 x 68 BENFICA TV :: 21 MAR 2017

                                          

PRIMEIRAS PÁGINAS


A ISTO SE CHAMA UMA FILHA DA PUTICE


A Federação Portuguesa de Futebol instaurou um processo disciplinar ao Benfica na sequência do comunicado emitido pelos ´encarnados` na segunda-feira onde ´atacavam a FPF e a Liga, pedindo justiça igual para todos.
A decisão foi comunicada esta terça-feira, pelo Conselho de Disciplina da FPF. O órgão disciplinar diz, em comunicado que foi "instaurado processo disciplinar, por deliberação da Secção, de 21 de março de 2017, a sociedade desportiva por comunicado publicado na sua página da internet. O processo foi enviado, hoje [terça-feira], à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, mantendo-se em segredo até à acusação".


Desta vez nem foi preciso uma denúncia do Sporting para que a FPF reagisse ao duro ´ataque` do Benfica de segunda-feira, contra a "inequívoca dualidade de critérios de justiça desportiva".

No comunicado, o Benfica exigia justiça igual para todos no futebol português, considerando que existe uma permanente e reiterada inexistência de tomadas de posição por parte da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).



OBS: Se havia alguma coisa que pudesse unir ainda mais a nação benfiquista ela aí está, mesmo sendo estes senhores da justiça desportiva uns reles competentes na arte dos dois pesos duas medidas, vamos ficar-lhes gratos por nos conseguirem unir ainda mais. Nenhuma surpresa nesta decisão, uma cambada de reles seres rastejantes que com esta decisão não mais fizeram do que se considerarem a eles mesmo uns completos avençados ao serviço de outras causas. Esta gente só tem um nome, dejetos humanos, ratos de esgoto...
Que esperar de uma Federação comandada por um homem que pagava o serviço de prosritutas  aos árbitros num certo clube? Puta que vos pariu cambada de  asquerosos.
Não queremos estes estercos sentados no camarote do nosso estádio, nem de cócoras.

terça-feira, 21 de março de 2017

VOLTAMOS AO VALIA TUDO?


Diretor geral da SAD do FC Porto terá mesmo insultado o árbitro no final da partida.
O jogo entre FC Porto e V. Setúbal promoveu muitos momentos de tensão. O alegado antijogo praticado pela formação sadina deixou Pinto da Costa e Luis Gonçalves insatisfeitos, tendo ambos descido ao túnel de acesso aos balneários durante o intervalo da partida.
A informação é divulgada pelo jornal Record, que adianta ainda que o diretor geral da SAD azul e branca, Luís Gonçalves, terá mesmo insultado Manuel Mota no final do encontro, alegando grandes penalidades que ficaram por assinalar.

A mesma publicação garante ainda que o ambiente vivido no final do jogo era tenso e que os delegados escalados para a partida, João Formosinho e José Domingues, presenciaram os acontecimentos esperando-se que sejam descritos no relatórios que são da sua responsabilidade.
Também Manuel Mota deverá relatar os factos no respectivo documento escrito.

LINDELOF SOBRE RENOVAÇÃO:«FOI UMA DECISÃO FÁCIL»


Victor Lindelof explicou porque decidiu prolongar contrato com o Benfica numa altura em que muitos davam como quase certa a transferência para o Manchester United.

«Foi bom ter renovado com o Benfica por mais um ano. Gosto do clube e sinto que estou a evoluir a cada dia que passa. Foi uma escolha fácil. Ambas as partes estavam satisfeitas e o clube quis dar-me um sinal de que estão satisfeitos com o trabalho que tenho feito», disse ao jornal sueco Expressen.

O defesa-central fez um balanço positivo da época: «Tenho recebido muita responsabilidade e estou a participar em muitos jogos e está a ser divertido e gratificante.»

E mostrou-se indiferente aos rumores sobre o interesse do Manchester United: «Muito se tem escrito mas nada disso perturba a minha concentração. Estou sempre concentrado no que é importante para mim e para a equipa. Não me afetou em nada. Se estive perto de assinar pelo United? Como disse, estou apenas concentrado no Benfica. Nunca disse nada sobre o que se escreveu porque estou focado no meu trabalho.»

Questionado se pensa deixar a Luz no verão, Lindelof respondeu: «Tenho um contrato longo com o Benfica e estou a crescer nesta equipa. É um grande clube e estou a crescer todos os dias. Tenho 22 anos e não tenho pressa de sair.»

ESTRUTURA: O QUE É COMO CONTRIBUI


"Tem mais ou menos peso que a liderança e o papel do treinador?

Muito se fala (apenas em Portugal?) da estrutura no sucesso da equipa de futebol. O que contribui e se afinal tem mais ou menos peso que a liderança e o papel do treinador. A discussão não é nova, mas cada vez que um treinador sai como campeão e o clube continua ou não continua como campeão, a discussão aparece de modo mais veemente.
Ou então, porque um clube consegue manter os títulos independentemente do treinador que está ou que sai. Um estudo elaborado analisou os campeonatos regulares (82) e destacou alguns indicadores interessantes para quem gosta de gestão desportiva, organizações, treinadores e lideranças. Convém relembrar os mais distraídos que em 40% dos campeonatos, os três denominados grandes não ocuparam as três primeiras posições. Às vezes esquecemo-nos de que há ‘vida’ para lá dos grandes. 
Mas voltando ao estudo, o que nos deram esses 82 campeonatos? Para quem gosta mesmo desta discussão da estrutura e o papel do treinador, os dados são muito explícitos: a estrutura contribui bastante mais para manter o sucesso (e neste estudo o sucesso era ser campeão) do que o treinador. Mais: um treinador que chega campeão a um clube, diminui as hipóteses desse clube ser campeão.
De modo mais simples: o que pressupõe é que esse treinador chega mais experiente (é verdade) mas traz consigo (supostamente) um conjunto de práticas que não são ou compatíveis ou alinhadas com o seu novo clube. Manter um treinador campeão aumenta consideravelmente as hipóteses de ser campeão, comparativamente a ir buscar uma outra qualquer solução.
Uma revisão rápida permite-nos confirmar que esta época o campeão será mais uma vez um treinador que será campeão ou pela primeira vez em Portugal ou por um treinador que foi a primeira vez campeão em Portugal pelo clube onde permanece. Desde da década de 1980 por exemplo, os treinadores campeões são treinadores que foram campeões em Portugal ou pelos clubes onde sempre estiveram como campeões ou foram uma única vez e sempre na primeira época.
O que é a estrutura? Discussão menos explícita, mas considerou-se e considera-se a estrutura a permanência das condições que permitem ou são necessárias para que uma equipa com aspirações a ser campeã necessita: organização, condições físicas, staff, apoio organizacional, o mesmo presidente, etc.
A discussão na praça pública é bem mais subjectiva do que estes dados vieram demonstrar. Há excepções? Claro. Poucas regras não apresentam excepções. Mas esta regra do peso da estrutura vs treinador deixa poucas margens de fundamentação. Pelo que considero bem mais pertinente tentarmos perceber o que é de facto uma estrutura campeã e que requisitos um treinador necessita para se adaptar à estrutura e conseguir aportar todo o seu conhecimento e experiência."

Rui Lança, in maisfutebol

segunda-feira, 20 de março de 2017

O OUTRO BRUNO DO FACEBOOK


O ex-candidato à presidência do Benfica, Bruno Costa Carvalho, criticou a abordagem do Benfica ao mercado de inverno.
Bruno Costa Carvalho, antigo candidato à presidência do Benfica, utilizou a conta pessoal do Facebook para deixar algumas críticas à abordagem do Benfica ao mercado de inverno, realçando que "não é lógico enfraquecer um plantel em janeiro".
"Não se pode, não se deve, não é lógico, enfraquecer um plantel em janeiro. Em janeiro pode-se, deve-se, e é lógico, reforçar o plantel em alguma posição que se está mais débil. Uns reforçaram-se, outros andaram por meia Europa a oferecer jogadores, porta a porta. Os resultados estão à vista. Dito isto, temos a obrigação de ganhar o nosso jogo na Luz. Se o fizermos, estes jogadores poderão corrigir erros clamorosos de uma gestão despesista que se vê forçada a vender tudo o que mexe. E não me venham dizer que só sei criticar nas horas difíceis. Disse-o, avisei e tentei prevenir no tempo certo. Não me peçam que me cale quando acontece exatamente o que temia", atirou Bruno Costa Carvalho, que abordou ainda o clássico diante do FC Porto.

"Deixo aqui um aviso que me parece importante: há que trabalhar psicologicamente esta equipa. O semblante dos jogadores que estavam no banco, a partir do meio da segunda parte, não faz sentido. Mesmo que percamos a liderança amanhã (coisa que não é nada certa), vamos jogar com o Porto em casa e é para ganhar! Os rostos dos jogadores do Benfica indiciavam receio. Mas, estamos com medo do quê? Para ganhar ao Porto temos que ser fortes mentalmente. Há que trabalhar seriamente esse ponto. Fica o aviso. Construtivo", rematou o ex-candidato à presidência do Benfica.



OBS: Candidato vencido e esmagado, agora é mestre em treino e psicologia de grupo, haja pachorra,não ver que uma equipa que desde o início da época tem tido uma enxurrada de lesões de que não há memória, e por isso o treinador não poder ter esplanado uma equipa tipo, antes pelo contrário, anda sempre a improvisar, isso paga-se. Tivessem os nossos adversários o mesmo problema que nós e já tinhamos o tetra no bucho, mas isso não importa nada. Tens direito à crítica, como temos cada um de nós, agora tentar colocar tudo em causa já é imoral. Foda-se o bicho já consegue ler expressões faciais.Tentar ser expert em matérias que não dominas é caso para dizer, porque no te callas! Quando chegar maio e formos tetracampeões vais usar a tua psicologia no caralho pá. Como é da praxe vais estar caladinho como um rato...
Haja pachorra abutre.

FOI-SE O GALINÁCIO


O Moreirense anunciou hoje a saída do treinador Augusto Inácio, "por motivos pessoais". O técnico vai ser substituído por Petit.
Inácio, que chegou a Moreira de Cónegos a 28 de novembro para substituir Pepa, conduziu o Moreirense à conquista histórica da Taça da Liga em janeiro, mas, desde então, não somou qualquer vitória, levando já oito jogos sem ganhar.
Em comunicado publicado no site ofical e nas redes sociais, o clube revela:

O Moreirense Futebol Clube, Futebol SAD informa que terminou, nesta data, por motivos pessoais e de forma amigável, o contrato com o seu técnico Augusto Inácio.
A Augusto Inácio, o Moreirense FC agradece todo o empenho e profissionalismo demonstrados e deseja as maiores felicidades profissionais e pessoais.
O próximo treinador já está escolhido. Armando Teixeira, conhecido por “Petit”, inicia funções amanhã.
Petit assina contrato com o clube até ao final da temporada com mais uma época de opção e conta com os atuais adjuntos na sua equipa técnica.
Petit, ex-treinador do Tondela assinou com o conjunto de Moreira de Cónegos, 16.º classificado da I Liga de futebol, após 26 jornadas, até ao final da temporada, com mais uma de opção, e inicia funções na terça-feira.
O Moreirense soma cinco vitórias, seis empates e 15 derrotas na I Liga, para um total de 21 pontos, que lhe dão o 16.º lugar, quatro pontos à frente de Tondela e Nacional, as duas equipas que se encontram nos lugares de despromoção.